My Photo
Name:

Reír es anestésico, Amar es cura.

Thursday, August 31, 2006

a typical tavern (cap.1 parte 5)


Sem conversa. Os dois desembainharam seus sabres, a mesa de bebidas agora era palco de uma luta até a morte. O que antes estava sentado a escrever se via cada vez mais na defensiva. Os ataques do inimigo eram brutos, alem disso, a diferença de tamanho de um ao outro era de quase 1 metro.
Um corte na manga da camisa, garrafas de rum caindo ao chão. Quem estava no local olhava perplexo para a estranha batalha que começara. Um dos piratas deu algo como um coice em uma caneca de vinho. Essa foi parar na nuca de um homem robusto, o único que continuava a saborear sua bebida como se nada estivesse acontecendo, mas nesse momento ele se levantou e derrubou sua mesa. Então a taverna virou uma verdadeira balburdia. Todos estavam brigando embriagados, já tinham corpos mortos no chão. Uma cadeira voou em direção ao pirata que começou tudo. Esse foi atingido. O que se defendia então saiu correndo do estabelecimento.
- Urr.. Não vai conseguir fugir Traidor!- falou o pirata caido sobre barris de vinho.
Jogou sua sabre em direção ao que fugia. Sangue.

.:continua:.

0 Comments:

Post a Comment

<< Home